Essa pagina depende do javascript para abrir, favor habilitar o javascript do seu browser! Ir direto para menu de acessibilidade.

Em destaque

Início do conteúdo da página
Últimas notícias

DSGTools Op

  • Publicado: Quarta, 15 Junho 2022 19:23
  • Última Atualização: Quarta, 15 Junho 2022 19:35
  • Acessos: 820

O DSGTools Op é um complemento para o QGIS desenvolvido pela Diretoria de Serviço Geográfico (DSG). Sua finalidade é facilitar o uso da geoinformação digital pelas Organizações Militares de Corpo de Tropa do Exército Brasileiro.

Dessa forma, valendo-se da geoinformação de base disponibilizada no Banco de Dados Geográficos do Exército (BDGEx) e de outros insumos, militares envolvidos no Planejamento e Conduçao de Operações Militares poderão produzir dados temáticos militares em contextos complementares aos sistemas utilizados pela Força Terrestre.

O DSGTools Op é, também, a ferramenta básica para atuar nos PCI de geoinformação, podendo ser futuramente empregado no Estágio de Geoinformação para Corpo de Tropa, que está em tratativas de criação.

Atualmente, o DSGTools Op está na versão 2.2.0 e está disponível no repositório de complementos do QGIS, no endereço https://plugins.qgis.org/plugins/DSGTools_Op/. Os códigos estão disponíveis em https://github.com/dsgoficial/DSGToolsOp

Ferramentas atuais:

  1. Cálculo de coordenadas e dimensões - Calcula automaticamente as coordenadas geográficas e planas de uma camada de pontos. Pode ser utilizado em contextos em que exigem a interação da tropa terrestre com apoio aéreo.

  2. Conversão de unidades angulares - Dado um campo da tabela de atributos com ângulos em graus, gera um campo com os ângulos em milésimos.

  3. Criação de pontos por coordenadas - Cria um ponto num arquivo existente, a partir de suas coordenadas.

  4. Relocação de pontos por coordenadas - Ao selecionar um ponto existente, movê-lo para outra posição a partir das coordenadas da nova posição.

  5. Declinação magnética e convergência meridiana - Selecionando-se um ponto, linha ou polígono são apresentadas a Declinação Magnética e Convergência Meridiana do dado selecionado.

  6. Determinação do MI (Índice de Nomenclatura) da carta - Ao clicar em uma região da tela que esteja dentro do Brasil aparecerá qual carta engloba aquela região, nas diversas escalas, sendo possível baixar as cartas na região escolhida.

  7. Perfil do terreno - Traça um gráfico representativo da variação de elevação do terreno (raster), a partir de uma linha desenhada pelo usuário ou selecionada em uma camada vetorial.

  8. Geocodificação - A partir de um arquivo CSV contendo endereços (e opcionalmente outros dados), determina a localização geográfica dos mesmos, criando uma camada de pontos atributados com os valores constantes do arquivo. Realiza também o processo inverso: dada uma camada de pontos, determina o endereço de cada um, adicionando um novo atributo com estes valores à camada. Utiliza a Bing Maps API.

  9. Medição durante aquisição vetorial - Apresenta ao usuário as medidas da feição sendo desenhada (distância parcial/acumulada para linhas, área para polígonos) como uma tooltip junto ao cursor.

  10. Simbologia Militar - Cria ou carrega banco de dados com simbologia militar prevista no manual MD33-M-02. Visa substituir o calco impresso pelos planos de informação do QGIS. (Ferramenta ainda em desenvolvimento, nem todos os símbolos previstos estão implementados).

  11. Sombreamento do terreno - A partir da posição, data e hora indicados, a ferramento calcula a posição do Sol e então gera uma representação visual das sombras no terreno devidas ao relevo.

  12. Criação de pontos por azimute/distância - Permite criar novas feições pontuais em camadas vetoriais de pontos a partir de um ponto predefinido e um azimute e distância a partir do mesmo.

  13. Alcance do armamento - Gera buffers de alcance de armamento com base em valor definido pelo usuário, valendo-se também de um azimute de tiro e uma angulação de visada/atuação da peça.

  14. Geração de azimutes e distâncias - Seleciona-se vários pontos, ou uma linha ou um polígono e é gerado um “csv” com as coordenadas do primeiro ponto e o azimute e distância para os demais pontos.

  15. Plano de chamada - A partir de endereços geocodificados, pontos gerados previamente com ferramenta ‘Geocodificação’, agrupa os pontos através de algoritmos de proximidade espacial, visando subdividir o espaço em regiões de atuação e definir centros de atuação mais justos que distribuam uniformemente as distâncias entre o mesmo e cada ponto.

  16. Mosaicar - Seleciona-se várias camadas para mosaicar, a moldura e é gerado o mosaico. Pode-se associar a imagem aos polígonos automaticamente usando o campo "nome" na moldura ou informando o campo da moldura que contém o nome da imagem correspondente àquele polígono. No caso de imagens com paleta pode-se corrigir automaticamente. Atenção: não corrigr paleta automaticamente quando selecionar outras camadas de apenas uma banda sem ser paleta, como imagens de MDS.

registrado em:
Fim do conteúdo da página